Dom, 31 Maio, 2020  |

Plano de Contingência COVID-19

2020-03-18

A Águas do Douro e Paiva (AdDP) tem um Plano de Contingência no âmbito da infeção pelo novo coronavírus COVID-19, elaborado de acordo com a Orientação n.º 006/2020 de 26/02/2020, da Direção Geral da Saúde, que, em articulação com o Plano de Controlo de Emergência Geral já existente, integra medidas excecionais de gestão de risco para garantir a segurança e a fiabilidade dos nossos serviços de abastecimento de água ao Sul do Grande Porto.


O Plano de Contingência da AdDP determina os recursos humanos e meios técnicos que são críticos para assegurar estes serviços essenciais, designadamente trabalhadores e postos de trabalho, condições de trabalho no local habitual ou à distância, assim como os meios e recursos informáticos, entre outros. Estes planos definem também a participação dos Prestadores de Serviços e Fornecedores regulares e identificam as necessidades de materiais/produtos e eventuais aumentos temporários de reservas para obviar eventuais dificuldades na cadeia de fornecimento habitual.


Este plano  de contingência para o COVID-19 também integra procedimentos visando garantir uma resposta eficaz na minimização do impacto de potenciais riscos para a saúde dos nossos trabalhadores e trabalhadoras, nomeadamente a possibilidade de recurso a trabalho remoto, nos casos aplicáveis, e  medidas de prevenção e controlo para minimizar o risco de transmissão de infeção para aqueles/as cujas funções requerem a sua presença física no local de trabalho. Nestes casos, a organização do trabalho é feita de forma a minimizar os riscos de contágio, nomeadamente, e entre outros exemplos, através da organização de turnos sem contacto pessoal, reforço de higienização dos postos de trabalho, constituição de equipas de reserva em isolamento para substituição em casos de necessidade, reforço dos meios de atendimento à distância em detrimento do atendimento presencial, regras de ocupação dos espaços de atendimento presencial, etc.


Todos os trabalhadores e trabalhadoras foram informados e sensibilizados para a adoção dos imprescindíveis comportamentos individuais de higiene pessoal e de conduta social, quer em situação de trabalho quer na vida pessoal.


Outras medidas extraordinárias aplicadas referem-se ao cancelamento das visitas, atividades de educação ambiental e reuniões com fornecedores.
Estamos cientes da nossa responsabilidade e os nossos trabalhadores e trabalhadoras estão empenhados em dar o seu melhor para garantir a continuidade dos serviços essenciais que prestamos às populações e às outras atividades essenciais. Pedimos a colaboração de todos neste objetivo comum!