Seg, 26 Setembro, 2022  |

Captação da Ponte da Bateira é caso de estudo do projeto europeu ALICE

2020-08-06

A Captação da Ponte da Bateira, em Castelo de Paiva, recebeu a visita de uma equipa da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), no passado dia 5 de agosto.

Esta visita integrou-se no âmbito da participação da APA no projeto europeu ALICE, uma vez que esta infraestrutura foi apontada como um caso de sucesso de simbiose entre a atividade de abastecimento de água e a preservação dos recursos hídricos da bacia do rio Paiva.

ALICE é um projeto financiado em 75% pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), através do programa INTERREG Atlantic Area. Os 11 parceiros envolvidos no projeto são de Portugal, Espanha, Irlanda do Norte, França e Reino Unido. Com uma duração de três anos o projeto, iniciado em novembro de 2017, irá custar 3 milhões euros, com 25% dos custos a cargo dos parceiros beneficiários.

O projeto ALICE visa melhorar a gestão das paisagens atlânticas, potenciando o uso de soluções baseadas na natureza para melhorar os serviços de ecossistema e a biodiversidade, assegurando as atividades humanas através da implementação de infraestruturas Azuis e Verdes (IAVs), como a gestão da floresta (recuperação da mata ripícola ou a reintrodução de floresta autóctone em áreas ardidas), entre outras, para prevenir e minimizar problemas relacionados com a qualidade e quantidade da água, proliferação de espécies invasoras, risco de incêndio e os efeitos das alterações climáticas

A participação multissetorial está a ser efetuada através de um processo participativo inovador que promove o conhecimento local e o envolvimento das partes interessadas relevantes (instituições, privadas e públicas, ONGs, sociedade civil).

Neste sentido, a visita da APA teve como objetivo recolher imagens e o testemunho da técnica Noémia Santos, enquanto responsável pela ETA de Castelo de Paiva e consequentemente da Captação da Ponte da Bateira, sobre a captação no rio Paiva como um bom exemplo de conceção de uma infraestrutura que assegura o fornecimento de um bem essencial às populações, garantindo a proteção do ecossistema, o enquadramento paisagístico e a preservação da biodiversidade.

A perfeita integração paisagística desta infraestrutura numa região que tem apostado no turismo ecológico, aproveitando a beleza natural de toda a bacia hidrográfica do rio Paiva, a pretensão da AdDP é a de contribuir para uma visão integrada do desenvolvimento sustentável, promovendo o bem-estar das populações e a preservação dos recursos naturais.