Seg, 26 Setembro, 2022  |

Assembleia Geral da AdDP aprova as contas do exercício de 2018

2019-04-03

Os Acionistas da AdDP reunidos no Complexo de Lever, no passado dia 2 de abril, em Assembleia-Geral aprovaram, por unanimidade, o Relatório e Contas de 2018, a respetiva proposta de aplicação de resultados, bem como o Plano de Atividades e Orçamento (PAO) para 2019.

Os acionistas aprovaram ainda um Voto de Louvor proposto, pela Águas de Portugal, ao Conselho de Administração e restantes Órgãos Sociais da AdDP.

Das contas consolidadas de 2018 destacam-se a diminuição, em 11%, do endividamento bruto em relação a 2017, que passou de cerca de 71 milhões de euros em dezembro de 2017, para 63 milhões de euros em dezembro de 2018, bem como um resultado líquido positivo no valor de 903,8 mil euros.

No que respeita aos indicadores económico-financeiros do exercício de 2018, há que destacar a diminuição das vendas em -2%, que resultou numa distribuição de 102,4 milhões de m3 de água. Esta diminuição está relacionada com a maior eficiência do sistema de abastecimento e com a crescente sensibilização por parte da população e empresas para uma utilização mais eficiente do recurso.

Realça-se ainda a diminuição dos gastos operacionais que, à semelhança dos anos anteriores, demonstra uma preocupação da gestão que colocou em prática medidas de contenção e otimização de recursos, que permitiram o cumprimento das orientações para o setor empresarial do estado.

O investimento realizado em 2018 atingiu os 3,6 milhões de euros, do qual merecem destaque a conclusão da 2ª Fase do Abastecimento a Amarante – Margem Esquerda, que completará os investimentos previstos no Contrato de Concessão para este município, e a conclusão da execução da adutora de ligação a S. Gens, Raiva e Lomba, que concretiza a linha de abastecimento prevista para Castelo de Paiva até ao ponto de entrega da Lomba para Gondomar.